segunda-feira, 29 de junho de 2009

Suspeito tira licença às custas do povo- publicado no jornal O Dia-RJ em 27/06/08

Desde quando pode ser considerado avanço o afastamento do senhor Agaciel Maia que saiu em licença-prêmio de 90 dias recebendo pelos cofres públicos como disse o senador Heráclito Fortes (DEM-PI)? Seria avanço se nessa Casa Legislativa tivéssemos homens de peito para impedir que tais atos secretos tivessem tomado o rumo que depois de 14 anos a sociedade tomou ciência. Agaciel Maia não fez nada sozinho, foi bem mandado e aproveitou-se das facilidades que tinha para elevar seu salário bem acima do teto dos funcionários públicos, isso sim um avanço. Afinal, todos sabem sob as ordens de quem ele agia, mas o chefe-mor desse país, senhor Lula da Silva, acha que não devemos nos importar com “coisas pequenas”, outro impropério solto em meio às verborragias presidenciais, as quais escondem os temores de, se algo vazar a governabilidade vai para o brejo. O senador Heráclito Fortes como primeiro-secretário tem o dever de apurar os escândalos e dar nomes aos bois, chega de ficar em cima do muro aguardando sinais dos caciques, isso sim pura covardia. O tempo urge e não dá mais para esperar tamanha enrolação
Postar um comentário