terça-feira, 30 de junho de 2009

GOLPE EM HONDURAS

GOLPE EM HONDURAS- publicado no Estadão e Valor Econômico em 30/06/09

A alternância de poder deve ser respeitada em todo regime democrático. Ultimamente governos autoritários na America Latina, à medida que chegam ao poder tomam gosto pela coisa e não querem abandoná-la. Basta ver o caso dos países vizinhos e até mesmo no Brasil, o interesse de certos parlamentares em descumprir a Constituição, propondo referendos. A expulsão do presidente Manuel Zelaya, que ao que tudo indica foi por querer transformar seu país numa Venezuela. Rapidamente, teve a resposta da oposição e das Forças Armadas. Como de praxe, o presidente Lula não analisou o risco de Honduras vir a ser tutelada pelo presidente Zelaya, assim como chamou o governo de Chávez de democrático e apoiou a eleição no Irã. Lula não esconde de ninguém suas pretensões de vir a ser um Hugo Chávez. Espera-se que se um dia isso acontecer no Brasil, a oposição não esteja refém do Executivo a ponto de não ter forças para impedir o golpe.
Izabel Avallone
Postar um comentário