quinta-feira, 7 de maio de 2009

O cêrco se fecha

05/05/2009

O cigarro que eu fumo é legalmente fabricado no país e incide sobre ele uma taxa de imposto recorde . Eu sou cidadã sem antecedentes criminais e também pago em dia os escorchantes impostos que este governo me cobra.

No entanto, não sou tratada por ele com o respeito do qual sou merecedora. A perseguição que se faz aos fumantes não tem precedentes. As novas medidas adotadas em São Paulo não se comparam a nenhuma outra ação anti-drogas ou anti-tráfico já ocorrida - pela sanha detalhista e algo sádica que encontro nos seus métodos de contenção. Coisa de especialista !

Aliás, se tanto empenho fosse deslocado para se acabar com o uso da cocaína e craque, do abuso do álcool...ou mesmo para se acabar com as mordomias imorais e onerosas gozadas por politicos corruptos, daí sim eu me submeteria de bom grado e espontaneamente ao esforço de parar de fumar. Valeria a pena a empreitada. Mas do jeito que está , sinto que sou uma pequena prêsa cercada por um bando de feras.

Tudo é muito estranho...aí tem!
Postar um comentário