quarta-feira, 6 de maio de 2009

AS GARANTIAS DE EMPREGO

AS GARANTIAS DE EMPREGO - PRESIDENTE LARANJA publicado no Estadão on line em 06 maio 09 E
JCPERNAMBUCO em 11 de maio de 2009

A tentativa do ministro da Defesa Nelson Jobim, de desmontar o cabide na Infraero (Estatal que administra os aeroportos do país), fez os atingidos e aliados do governo do PMDB chamarem o presidente Lula para uma reunião, onde o alertaram sobre as possíveis derrotas por conta das demissões em curso. Henrique Dias (RN) foi intervir a favor de sua ex-mulher Monica Azambuja e Romero Jucá foi buscar garantia de empregos a seu irmão e cunhada (Oscar Jucá e Taciana Canavarro), afinal Jucá tem sido o maior defensor do governo Lula e certamente não ficará no sereno, porque também sabe muitas coisas. Nossos políticos agem rapidamente quando se trata de proteger afilhados, mas para defender a nação fingem-se de mortos. Apesar de Jobim ir na contramão do Congresso e outros setores do governo, sua tesourada ainda vai dar muito o que falar, pois por um ponto final na partidarização política na Infraero e ANAC, conforme reza o novo estatuto, os cargos devem ser preenchidos por funcionários de carreira é tarefa que requer muita diplomacia e capacidade de negociação sem se deixar contaminar. Diante das ameaças sofridas pelo PMDB de não apoio a candidatura de Dilma Rousseff e sobre o reflexo negativo na aliança entre PT e PMDB, Lula recuou, e a demissão de Monica Azambuja foi suspensa temporariamente. Eis a figura do presidente do Brasil, durante o dia, berra nos palanques mostrando autoridade de mandatário e a noite sob ameaças de ver seus planos fazer água cede feito um cordeirinho. Assim, de chefe-mor a fantoche Lula vem construindo seu currículo, deixando para a história a imagem de um presidente laranja, que quando bem espremido mostra seu bagaço.
Izabel Avallone
Postar um comentário