quarta-feira, 4 de março de 2009

Do limão, uma limonada.

Quem sabe todo esse terremoto que revirou o cenário politico com as denuncias do Senador Jarbas Vasconcelos expondo as mazelas concentradas não só dentro do PMDB , mas seguramente em todos os partidos, possa servir para que os parlamentares de bem se esforcem em aprovar um PL que higienize o universo da politica brasileira. E não é dificil...basta querer!

Por exemplo: Uma lei que obrigasse os candidatos indicados pelos partidos na disputa de cargos em eleição passar antes por uma varredura feita pelo próprio partido em sua vida pessoal e profissional que garantiria não ter pendengas judiciais em seu "curriculum vitae" e nem desvios de caráter . Um simples processo ainda tramitando já impediria sua indicação, pois a mera suspeição já deverá ser fator impeditivo para se concorrer à cargo eletivo!Afinal, para se prestar concurso público esse quesito é exigido! Porque não valerá então para politicos?

Que se exigisse formação profissional e a capacitação necessária para bem executar a tarefa pública a que se propõe...pois também para concurso público tal é exigido.

Por último: no caso de se descobrir mazelas em candidato já indicado por partido a concorrer à cargos politicos , ou mesmo já tendo este assumido seu mandato, o ônus fôsse compartilhado pelo partido a que ele pertence, pois um perderia o mandato e o partido a legenda . E que se acabe de vez com a tal im(p)unidade parlamentar que tanto acoberta e protege maus politicos.

Garanto que este seria um filtro muito útil a sanear a politica brasileira.
Postar um comentário