segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

CHEIRO DE GOLPE

CHEIRO DE GOLPE- publicado no Estadão em 02/02/09

Com que rapidez o governador de Illinois Rod Blagojevich sofreu impeachment por abuso de poder. A votação, 59 a 0, unanimidade! Certamente esse governador não tinha nenhuma informação que pudesse constranger os senadores de seu Estado. Aqui, no Brasil, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) arrastou o Senado na lama durante o ano de 2007, tinha vários processos que o incriminavam, tripudiou de seus companheiros e constrangeu a todos caso insistissem em sua cassação. Não deu outra, Renan está voltando por cima da carne seca, dá as cartas, oferece cargos e ainda será o líder do governo. E pensar que ainda temos esperança de dias melhores... Para a sociedade fica o gosto amargo do corporativismo, da corrupção à solta, de cheiro de golpe no ar e do deboche com que os homens que são eleitos para representar o Brasil fazem troça dele e de seu povo.
Izabel Avallone
Postar um comentário