quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

NOVELA/SUPREMAS ALGEMAS

NOVELA/SUPREMAS ALGEMAS- publicado no Jornal O Globo e Estadão on line em 03/12/08 e jornal Gazeta Mercantil em -4/12/08

A novela Daniel Dantas sem data para acabar vem mostrando à justiça que onde o dinheiro manda não há argumentos que possam valer. O juiz Fausto de Sanctis condenou o banqueiro a 10 anos de prisão por corrupção ativa. O advogado de defesa de Dantas disse que o processo julgado pelo juiz é "absolutamente nulo". Para quem é apenas espectador dos fatos e espera da justiça um julgamento imparcial baseado em provas fica uma sensação de briga de cachorro grande. O juiz condena o réu e a defesa discorda da sentença, já que seu papel é tentar desqualificar a sentença dada através de brechas contidas na lei. Se for para termos uma lei em que culpados e julgados pela justiça nunca são punidos, a quem interessa a manutenção dessas leis? Por que os legisladores não fazem leis onde não existam brechas? Será esse o sistema instalado no Brasil que faz com que advogados virem estrelas cobrando fortunas, a justiça fique cada vez mais desmoralizada e morosa e a população sem acesso à justiça? Só queria entender.
Izabel Avallone
Postar um comentário