segunda-feira, 1 de março de 2010

Pena mais branda a crimes hediondos

23/02/2010



Irá ao STF para ser julgada nos próximos dias uma proposta de abrandamento à lei que pune crimes hediondos, entre os quais o tráfico de drogas.

Isto porque o governo Lula decidiu descriminalizar o pequeno traficante que poderá vender de "picadinho" um grande estoque da droga todos os dias. Uma diferença de grau no rigor da lei beneficiará estes "pequenos" traficantes de drogas... sua pena será menor . O efeito da droga por eles vendida , é mais suave , prejudicará menos o organismo e a mente de quem dela fizer uso? Isto é o que eu chamo de medida deletéria contra a sociedade!

Me fica a sensação de que os políticos decidiram que não vivemos no Brasil do menino João Hélio , em meio à sucessão de crimes bárbaros que acontecem diariamente, a maior parte deles praticados por pessoas sob o efeito de drogas. Na visão deles desfrutamos das delícias de uma Suiça. Com a consciência mais tranquila do mundo Gabeira prega a legalização da produção, venda e consumo da maconha , e o presidente Lula vai muito mais longe: sua base governista defende a descriminalização do que chama de "pequeno traficante" de qualquer tipo de droga, seja maconha, crack, cocaina, sem pensar que essa medida servirá de incentivo à profissionalização dos menores carentes neste "ramo de atividade" através dos operosos professores-traficantes .

O que é ser pequeno traficante quando uma única pedra de crack por ele vendida pode matar seu usuário , ou pior, levar este viciado a matar um inocente na próxima esquina?

Os ministros do STF terão o supremo poder de decidir do que a sociedade brasileira é merecedora...
Postar um comentário