sábado, 27 de fevereiro de 2010

JUSTIÇA DEVAGAR

Justiça devagar- jornal O Globo e Diário de São Paulo

A censura imposta ao jornal O Estado de S. Paulo pelo filho de Sarney, o empresário Fernando Sarney, durou enquanto foi conveniente para ele. Com isso o jornal amarga 185 dias de censura aguardando que o processo seja julgado no seu mérito. Uma forma de sair por cima é rejeitando seu arquivamento de censura, mostrando ao aís que a lei precisa ser respeitada e não é um caciquezinho do Maranhão que vai calar o maior jornal do Brasil, por pura vaidade. Um meio de sair do lodo sem ficar respingado em sua honra e credibilidade. Parabéns, Estadão, você sairá mais forte dessa guerra e vai apequenar seu algoz, tudo em nome da lei e da justiça, que, sábia, tarda, mas não falta. Seu exemplo servirá aos demais veículos de comunicação, que não devem ficar reféns de mordaças. Viva a liberdade de imprensa e o direito do leitor de ser informado.

Izabel Avallone
Postar um comentário