quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Escolhas impulsivas

07/01/2010



Mesmo tendo a lingua presa, ciciando ao falar, isso não impede que a lingua de nosso presidente se destrave impulsivamente em declarações que acabam lhe criando problemas futuros.

Afirmar que a extradição de Battisti era impossível porque afrontava decisão do ministro Tarso Genro, ou seja - era uma questão de soberania nacional - foi uma delas. Agora se depara com o impasse de , ao fazer valer sua decisão, estar afrontando um tratado internacional firmado com a Itália, o que vai criar um problema diplomático internacional para o Brasil de responsabilidade exclusiva do presidente Lula.

Outra destramelada presidencial foi definir publicamente e com muita antecipação a preferência pessoal pela compra dos encalhados aviões Rafale franceses, que agora se sabe, não são apontados como tecnicamente os ideais pela Aeronáutica, alem de serem muito mais caros dos que os oferecidos pelos concorrentes. São piores e com preço à maior...dá para entender? O ministro Celso Amorim chegou a declarar que a compra dos Rafale será uma escolha política do presidente Lula e não técnica !

Nesse caso, proponho que se destitua a Aeronáutica de suas prerrogativas precípuas e/ou se coloque o chefe do todo poderoso Executivo brasileiro como responsável por este órgão... afinal, para que está a servir a Aeronáutica neste governo?
Postar um comentário