terça-feira, 19 de janeiro de 2010

CADÊ A LEI?

(Na Folha de SP e no Estadão online, terça-feira, 19/01/2010)
Mais um escândalo(?): "Fundação Sarney desviou R$ 129 mil da Petrobras, diz CGU ". Quanto em dinheiro deve ser desviado para que nossa legislação funcione? Quanta influência deve ter o titular de instituição, ou o desviador de verbas, para que as medidas legais cabíveis sejam relevadas ou sustadas? Enfim, qual a flexibilidade de nossas leis e de nossa Constituição? Por tudo que está sendo revelado sobre a Fundação José Sarney fica claro: "para os amigos do rei e influentes não há lei". Será que um dia nossa legislação será respeitada e levada a sério? O honesto fica no desânimo, pois aqui os poderosos se protegem na casa grande, enquanto o resto vive na senzala, aguentando crescente carga de impostos para cobrir os desvios dos "senhores feudais". Até quando?
Postar um comentário