sábado, 14 de novembro de 2009

Pílulas de preconceito

10/11/2009


Parece que um ranço cerebral se instalou entre alguns universitários da Uniban-São Bernardo: ontem alguns estudantes, em declarações à imprensa, soltaram algumas pílulas de preconceito que merecem nota.

Por exemplo, diante dos meios de comunicação assim se expressou Pétala Ayane - aluna de Design de Modas - acusando a aluna Geisy de provocação: "O prédio só tem macho porque abriga cursos de exatas. A pessoa tem que ter noção".

Uau...pelo visto - para essa estudante - os cursos de exatas são para machos...! E as garotas, para transitar por esse prédio, tem que ter noção de que os machos não devem ser provocados porque senão podem perder o controle!!!

É significativo que esta afirmação tenha partido diretamente da boca de uma representante do sexo feminino em pleno séc.XXI , a qual está se preparando para ser uma profissional da moda. Talvez ela crie a nova linha de lingerie Cinto de Castidade - a velha calcinha de ferro que impunha castidade e fidelidade às mulheres no tempo medieval.
Postar um comentário