sexta-feira, 6 de novembro de 2009

A NUDEZ DO REI

(fonte: dois-em-cena.blogspot.com)

(No Globo impresso e Estadão Online, sexta-feira, 6/11/2009)
Havia um reino chamado Faz de Conta que tinha muitos disputando o reinado, que era concedido ao mais luxuoso no vestir. Um cidadão, que muito ambicionava ser rei, e havia tentado já três vezes, pediu ao seu alfaiate, o alfaiate real, que preparasse um traje dos mais soberbos e magníficos. O alfaiate, que já tinha tentado de tudo sem sucesso, resolveu inovar e disse ao cidadão que o vestuário novo era tão rico que todos ficariam assombrados com ele. Assim, o cidadão concorreu ao reinado pela quarta vez trajando aquela roupa, que na verdade não existia: o cidadão estava sempre nu, em pelo. Mas o povo, assombrado, aplaudia, e ele foi escolhido como rei de "Faz de Conta", reinando muito tempo com popularidade de 80%. Até que um dia um menino, inocente e ingênuo, viu o rei e gritou: "o rei está nu!". Foi um escândalo no reinado. Fim da história. O alfaiate, se não me engano, chamava-se Duda Mendonça; e o menino, que acabou de ser conhecido: Caetano Veloso!
Postar um comentário