segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Mídia estatizada



Lendo a coluna de Dora Kramer aprendi que eu nada sabia dos meandros da politica.
Ela me ensinou que o que diz um político geralmente é o oposto do que pretende fazer ou dizer. E quanto maior a lábia e o poder hipnótico sobre o povo, maiores serão seus índices de aprovação nas pesquisas.

Temos que rapidamente aprender a ler nas entrelinhas e interpretar o avesso dos discursos. Mas eventualmente também acreditar ipses litteris nas ameaças que possam nos fazer: como essa proposta do PT que pede intervenção do Estado na área da mídia. É a censura sendo gestada na tumba da mídia.

Em ano pré-eleitoral, o tempo urge e o PT ruge !
Postar um comentário