segunda-feira, 9 de novembro de 2009

EM NOME DO LUCRO, TALVEZ?!



"A educação se faz com atitude e não com complacência" - esse o título da matéria veículada nos jornais, pela UNIBAN, para justificar a expulsão da aluna que vestia trajes "inadequados, indicando uma postura incompatível com o ambiente da universidade". Segundo a nota, o conselho superior da universidade resolveu dispensar a aluna em razão do "flagrante desrespeito aos princípios éticos, à dignidade acadêmica e à moralidade" e decidiu suspender, temporariamente, os alunos envolvidos e, devidamente identificados, no incidente. Na nota ainda a UNIBAN reafirma seu compromisso com a "responsabilidade social e a promoção dos valores que regem uma instituição de ensino superior, expressando sua posição de apoio aos 60 mil alunos injustamente aviltados". Segue a nota dizendo estranhar o comportamento da mídia.
Estranho (mesmo!) é a universidade atacar a mídia, a exemplo dos corruptos, que não querem seus malfeitos divulgados!
Muitíssimo estranho a universidade tomar tal atitude punindo a aluna e agir com complacência em relação àqueles que se comportaram como um bando feroz!
Diríamos que é mais negócio perder uma mensalidade do que algumas dezenas (quando não centenas), em nome do lucro!

Aparecida Dileide Gaziolla
Postar um comentário