sábado, 14 de novembro de 2009

Cruz X Crescente

04/11/2009


Seria incompreensível a atitude da Corte Européia dos Direitos Humanos ao determinar que crucifixos, simbolos da religião católica, sejam retirados das escolas públicas italianas por estarem perturbando crianças de outras crença...se já não se soubesse que todas as instituições internacionais foram lotadas pela esquerda que em nada crê religiosamente falando, e que justamente a esquerda decidiu há décadas ser a defensora dos imigrantes muçulmanos .

Eles saem de países em conflito em busca de uma vida melhor e em paz.. Quando chegam aos países do ocidente de cultura cristã são acolhidos e respeitados e com todos os direitos garantidos em lei. Mas a recíproca não é verdadeira, principalmente neste caso e que se reproduz em muitos outros países europeus. O imigrante muçulmano não abre mão de nada de suas origens, não abdica siquer do véu... praticam sua religião, mantem seus costumes, e assim já se acham cheios de "direitos adquiridos" : como esse de exigir a exclusão do simbolo maior do cristianismo em escolas da Itália, núcleo central da Igreja Católica.

A sensação que tenho é a de que estamos assistindo uma nova Hégira mesclada com uma Jihad, ou seja, através da imigração os muçulmanos "invadem" novos territórios para travar as batalhas necessárias atraves ds quais atingirão um dos principais objetivos do Islã: transformar o mundo. à seu modo e jeito!

Eles só esqueceram de perguntar aos povos que os acolheram se desejam ser "transformados" à lei de Maomé.
CRUZ CREDO, ou seja, creio na cruz.
Postar um comentário