sábado, 14 de novembro de 2009

CESARE BATTISTI



CESARE BATTISTI - (Estadão - 14/11/2009)
Extraditar ou não extraditar, eis a questão! Na quinta-feira desenrolou-se no STF mais um capítulo da novela extraditar ou não Cesare Battisti. O ministro Marco Aurélio Mello votou pela permanência do italiano no Brasil, levando o placar da votação a empate, restando ao presidente do Supremo o desempate. Mas o que não dá para entender é a defesa apaixonada desse criminoso por políticos ligados ao governo: o senador Suplicy, sempre tão lento na tribuna do Senado, mas curiosamente expedito nessa defesa, com "esclarecimentos" nos principais jornais do País; e o ministro da Justiça, que, contrariando orientação do Comitê Nacional para Refugiados (Conare), foi rápido na concessão da condição de refugiado ao italiano. Muito curioso: os aposentados, cidadãos brasileiros que deram o seu suor pelo País, não merecem a atenção dos ilustres incomuns aqui citados (e tantos outros), como está a merecer esse... bandido!!! Qual seria a contribuição desse indivíduo para o Brasil? Seria ele tão importante assim?
Aparecida Dileide Gaziolla
Postar um comentário