terça-feira, 17 de novembro de 2009

Balões de ensaio para a censura

17/11/2009


Em 2008 o Jornal da Tarde foi censurado através de uma decisão judicial que impediu a publicação de uma reportagem sobre irregularidades cometidas no Conselho Regional de Medicina de São Paulo.

De lá para cá assistimos a um festival de tentativas de censuras à imprensa, que culminou há 109 dias com a censura de fato sofrida pelo Jornal O Estado de São Paulo, impedido por ordem judicial de publicar qualquer informação sobre o envolvimento de Fernando Sarney na Operação da Policia Federal Boi Barrica .

Hoje tenho a certeza de que tudo que antecedeu este atual cerceamento à liberdade de informação e expressão foi uma espécie de "laboratório" para medir o índice de rejeição ou aprovação do povo com relação à estas investidas.

O que mais estranho não é a censura do jornal em si, pois num estado "democrático popular" petista isso já seria de se esperar. Minha estranheza é com a tibiez da reação do próprio Estadão que, em outras épocas reagiu à altura à censura imposta pelo regime militar. Hoje se limita a timidos protestos...seus leitores indignados é que reagem com grande indignação . O que estará havendo por detrás dessa passividade tão contrária à história deste jornal?
Postar um comentário