terça-feira, 24 de novembro de 2009

Analogias


(fonte: Lula - o operário/presidente - tacada.blogspot.com)


24/11/2009


Lendo o livro UM PALMO ABAIXO de Tibor Fischer , comédia sensacional (humor negro) passada na Hungria antes de 1956, portanto sob o dominio "solidário" da URSS, há um trecho onde os personagens conversam sobre a possibilidade de fugir para fora da Cortina de Ferro, e que vale a pena divulgar, pois "esse filme" está passando só agora no Brasil, vejam só:

"-Estou pronto para correr o risco. Vale qualquer coisa para fugir de torneiros mecânicos que vivem "quebrando recordes" . (nunca antes neschte país...)

-"Sim, este culto ao operário é meio cansativo. A ironia é que seja derivado em sua maior parte de um acadêmico alemão gordo e parasitário, que jamais teve um emprego na vida, vivendo sempre à custa de conhecidos, e que se permitia práticas tão burguesas quanto emprenhar a arrumadeira. "
Vivendo à custa de conhecidos (compadres...)
Editora JPA - edição de 2003 - pag.84)

Viu como ler nos remete a divagações mais amplas? Aliás, é um bom momento para este tipo de leitura que nos alerta contra as "delicias" do regime comunista. Um paraiso tão bom que muitos se imolaram ao tentar pular o Muro de Berlim, tentando fugir, nunca tentando entrar.
Postar um comentário