quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Toffolli, um antes e outro depois?

05/10/2009

No jornal O Estado de São Paulo , Toffolli , a mais nova aquisição de Lula aceita para compor o STF , deu entrevista e exibiu-se para a foto com um óculos escuro de grife à la Dirceu e com a gravata vermelha, marca registrada dos petistas que abandonaram a barba mas se identificam pela cor. O jardim com paisagismo e o cachorrinho de raça servem de moldura para o estilo de vida preferido pelos petistas , especialistas em só fazer a defesa dos pobres e oprimidos.

Toffolli reafirma o que disse no dia em que foi sabatinado: "Passo a ser outra pessoa quando tomar posse"...e eu acredito nele. Dessa maneira todos os compromissos garantidos diante dos senadores e da câmera da TV Senado nada valerão: o de dar-se por impedido em julgar processos em que a AGU tenha atuado , em casos que tenha assinado parecer...etc...

Reafirmo, acredito mesmo nele quando diz que será outra pessoa após tomar posse , e eu faço esta leitura de sua frase: ...serei outra pessoa após retirar a máscara e vestir a toga.

Quando penso que o STF garante a este moço cargo vitalício, pelo menos 30 anos de atuação, constato que no Brasil de hoje ainda sobrevivem conceitos , como a vitalicidade - que são verdadeiras excrescências do tempo do Brasil-Império da qual prazeirosamente se aproveitam os juristas-esquerdistas do século XXI, os quais não tem nenhuma intenção de mudar esta caquética porém muito útil regra...
Postar um comentário