terça-feira, 22 de setembro de 2009

Salve-se quem puder!

20/09/2009

Cheguei a receber mensagens de militantes petistas, no vulgo petralhas, festejando a crise econômica definida por eles como o suspiro final do neo-liberalismo capitalista.
E viva o socialismo, eitcha! ...

Depois ouvi Lula dizer frente às câmeras da TV que a (z)elite estava festejando a crise para impiedosamente agourar os resultados de seu governo. É demais, isso é que é avaliação ponderada e justa sobre aquele segmento que, naquele momento, sofria a crise na pele e no bolso mais do que os outros, e ainda com a responsabilidade de não deixar a peteca cair praticando demissões, para não alimentar o desemprego.

Logo em seguida, Lula define a crise como marolinha, incentivando o consumismo em seus discursos. E para salvar a indústria automobilística facilitou a venda de automóveis com a retirada do IPI , aproveitando para dizer que os pobres também tinham direito de ter os seus carrinhos. Para tanto, os bancos prontamente alinharam-se com os planos do presidente Lula abrindo financiamento para carros com prazos à perder de vista .

E foi assim , sem a menor dúvida, que Lula salvou a indústria automobilística. Mas agora vai ter muito trabalho para explicar aos pobres porque o objeto de seu desejo, seu carro , lhes está sendo foi tomado , só porque que deixaram de pagar o que ainda deviam às financeiras...Ué...mas deixaram de pagar porque? A marolinha já não acabou?

Mais uma vez Lula escolheu salvar os poderosos...os outros, salvem-se quem puder !
Postar um comentário