terça-feira, 29 de setembro de 2009

Mel vira Fel

29/09/2009

Depois que ontem (28/09/2009) o representante interino dos Estados Unidos na OEA Lewis Amselem afirmou que o retorno clandestino de Zelaya foi um ato irresponsável e que não serve nem aos interesses de seu povo e nem daqueles que buscam restabelecer a ordem em Honduras - criticando ainda duramente aqueles que o ajudaram nesta empreitada -... Amorim foi correndo se queixar nos ouvidos de Hillary Clinton: quer que a ONU, mais poderosa que a OEA, se manifeste à favor do Brasil , além dele ter medo que este espírito de resistencia aos golpes bolivarianos se espalhe por outros países da América !

Imagino que Amorim tenha hoje a exata noção do tamanho do problema que criou para o Brasil. Afinal, não vai ser fácil para o trio Amorim, Lula e toptop Garcia arrastarem essa verdadeira mala sem alça que se revelou ser "Mel" Zelaya.

De "Mel", como é chamado em Honduras, transformou-se em fel para a diplomacia brasileira !

Mas o saldo positivo é que Lula escancarou para o Brasil e o mundo o seu espírito nitidamente intervencionista, digno daqueles imperialistas de antanho que não respeitavam siquer o velho princípio da auto-determinação dos povos, princípio tão caro e tão defendido pela esquerda festiva do século passado.

Hoje o mítico Lula prefere rezar pela cartilha chavista-bolivariana - enlameando a imagem do Brasil.
Postar um comentário