sexta-feira, 25 de setembro de 2009

"Dom Chavéz e seus bonecos aloprados" é o cartaz de hoje na América Latina


A Justiça hondurenha determina o afastamento do presidente Manuel Zelaya, por flagrar o aprendiz de caudilho fazendo maquinações para alterar uma cláusula pétrea da Constituição de Honduras, e imediatamente seu patrono, o caudilho venezuelano Hugo Chávez, fez com que seus demais “comandados” na América Latina, formassem uma claque para defender a volta de Zelaya ao poder. O interessante que na década passada, aqui no Brasil os petistas maquinaram uma estratégia para tirar o mandato de Collor, e ninguém falou em golpe, apesar de a Justiça brasileira, nos anos posteriores ao afastamento presidente, não haver provado nenhuma das acusações então assacadas contra ele, tanto que Collor acabou sendo absolvido em todos os processos que respondeu. A diferença é que naquela ocasião a comunidade internacional, entendendo que era uma questão interna do Brasil, deixou os desdobramentos à mercê dos brasileiros, enquanto no caso de Honduras, alguns presidentes latino-americanos, entre os quais o “nosso” Lulla, em obediência ao venezuelano Hugo Chávez, formaram o bloco das “viúvas de Zelaya”, através do qual estão interferindo descaradamente em assuntos internos hondurenhos. Infelizmente, como “em terra de cego, quem tem um olho é rei”, nessa América Latina do século XXI, a coisa funciona assim: DOM CHÁVEZ MANDA! EVINHO, CORREINHA E LULLINHA OBEDECEM...

Júlio Ferreira
Postar um comentário