sexta-feira, 25 de setembro de 2009

CALA BOCA BARBARA, PINA, EU E VOCÊ

(ilustração da nossa querida Silvane Sabóia)

Diferentemente da Pininha, minha personagem, que fala sobre tudo atormentando a Dona Gertrudes, prefiro observar ao invés de ficar falando sobre o que não entendo...
Estou cada vez mais socrático neste “braziu varemnós”... Cada dia que passa mais e mais só sei que nada mais sei, nada entendo...
Acho que ficarei mudo...
Peraí! Não posso fazer isso, pois é exatamente o que desejam os burgomestres de plantão...
Se o Sr. Manelovsky lá da padaria fizer seus negócios sem notas fiscais, os fiscais da Receita, da Prefeitura, do ICMS podem autuá-lo por sonegação fiscal, SIMPLES, não?
Meus zíperes me perguntam se o MST passa nota fiscal?
A Dona Gertrudes deu a maior bronca na Pina viu o lixo fora de hora na calçada.
Vocês poderão acompanhar as desculpas da Pina, em texto à parte, justificando que foi a Prefeitura que não recolheu, mas pode multar a Dona Gertrudes por deixar o lixo na calçada...
A Pina não entendeu nada... Nem eu que pago, dizimistamente embora sem qualquer religiosidade, meus impostos para ter a Cidade Limpa, não é Gigi, como a Pina chama o atual burgomestre, Sr. Kassab...
Quem botou o Zelaya lá dentro da nossa embaixada, trancada a sete Chávez?
Eu não sei... Nem a Pininha, nem o Luizinho, claro...
Está certo que o “braziu varemnós” adora dar asilo a criminosos como Aquille Lollo, Cesare Batistti, Stroessner e o Zelaya não é um criminoso, mas lá na nossa embaixada entram e saem sem se identificar?... Não direi que é casa da Mãe Joana, porque a Jojo tem segurança na porta e põe para fora quem armar confusão lá dentro...
Diz a lenda e os veículos de comunicação que ele está comandando a retomada do poder lá de dentro da embaixada...
Tem lógica!
Em “terras brazilis” também se comanda umas coisas de dentro de alguns lugares que é bom não entender...
Estou falando das cadeias... Não falei com os Excelentíssimos, não!...
O Ministro Genro, talvez com raiva da sogra, porque é Tarso, quer mexer no calcanhar ferido do braziu...
Desanistiar os militares dos crimes da ditadura...
O que ele fará com os três ministros do governo que foram terroristas durante os anos de 1960 e 1970. Dilma (Estela-Luíza-Patrícia-Wanda) Rousseff, Carlos (Jair-José-Orlando) Minc e Franklin (mas também podem chamá-lo de "Waldir", "Francisco, "Miguel", "Rogério", "Comprido", "Grande", "Nilson", "Lula" - uma lista de codinomes que compete com o número de atos terroristas praticados por ele) Martins?
Todos pertenceram a grupos terroristas ferozes - VAR-Palmares, ALN, MR-8 -, que seqüestraram, torturaram e dinamitaram pessoas inocentes, fizeram assaltos a bancos para reforçar o caixa e o arsenal dos grupos terroristas. E com os ex-ministros, como José (Daniel) Dirceu, que diz a lenda teve que ser afastado temporiamente por divergências internas do aparelho.
Ta certo, dona Gertrudes, estou indo para a cozinha ajudar a Pina...
Cala a boca, Bárbara!

Postar um comentário