sábado, 22 de agosto de 2009

Tempos singulares na política

19/08/2009

Estamos vivendo tempos singulares ...em que vemos um homem (Mercadante) se diminuir diante de nossos olhos na tentativa de intimidar uma mulher (Lina Vieira) usando de estupidez verbal , raciocínio pueril e truculência postural; enquanto isso, a mesma mulher se agiganta com o simples uso do raciocínio inteligente, da tranquilidade nas respostas claras e diretas, e da elegancia gestual.

Mercadante e Lina... dois opostos...um em defesa daquela que já tem um histórico de mentiras. Lina, desafiando que provem que não diz a verdade.

Aliás, se o governo realmente quisesse já teria apresentado as imagens gravadas, mesmo porque Mercadante já se deu ao trabalho de enumerar todos os dias em que Lina esteve em Palácio. Pois requisite-se agora a tal gravação..., mas incólume, claro!...e o dia em que Lina aparecer nas imagens fora das datas agendadas...será a dia em que Lina foi praticamente intimada a comparecer ao gabinete da ministra Dilma Rousseff para tratar de assuntos impróprios de constarem em agendas oficiais
Postar um comentário