domingo, 16 de agosto de 2009

Projeto maquiavélico

07/08/2009

Por inspiração do jurista Dalmo Dallari, a ala mais radical do PT está trabalhando (na moita) para popularizar a idéia de que o Senado é uma instituição falida e perfeitamente dispensável. Talvez os atuais espetáculos estejam à serviço desta meta...pois é de conhecimento de todos que o PT usa de todo e qualquer meio para atingir o fim pretendido.

Por outro lado, o Senador Suplicy está apresentando PL ao Senado , por inspiração do jurista Fábio Comparato, defendendo a idéia de que a população tenha mais facilidade em realizar referendos e plebiscitos sobre assuntos de seus interesses. Conclusão: dividindo os trabalhos entre 2 juristas de renome nacional (o que dá credibilidade e peso aos projetos) o governo Lula está simplesmente tentando tirar um obstáculo de seu caminho: através de um plebiscito, expressão da vontade de milhares de gratos eleitores bolsistas que lhes servem de utilíssima massa de manobra, conseguirem atingir o escopo de promover um golpe politico travestido de democrática expressão da vontade popular, o fim do Senado.

Mas afinal, porque essa obsessão em acabar com o Senado? Será pelo fato de que muitos dos projetos caros à Lula , apesar de terem passado pela Câmara dos Deputados, acabaram vetados pelos senadores? O da CPMF foi só o que causou mais alarde e também um indigerível inconformismo em Lula...
Postar um comentário