quinta-feira, 20 de agosto de 2009

NO MESMO SACO?

(No Estadão Online, quinta-feira, 20/08/2009)

"O Conselho de Ética do Senado rejeitou, em duas votações idênticas e com o apoio de senadores do PT, os recursos contra o arquivamento de todas as seis denúncias e 5 representações contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), Uma representação contra o líder do PSDB, Arthur Virgílio, (AM) também foi rejeitada" - Estadão Online, 19/8. Isso, com tudo o que tem sido revelado sobre os "esquemas" de José Sarney, inclusive o de ter quebrado a palavra, quebrado a confiança inerente ao cargo e ter quebrado, sem sombra de dúvida, o decoro parlamentar, ao voltar atrás reconhecendo que sabia dos atos secretos (ou seja, mentiu ao negar o mesmo em maio)! Assim, fica evidente que não existe nem "conselho" nem "ética". Tudo não passa de encenação de falsos representantes para encambelar a nós, os trouxas. E onde estarão as vozes dissoantes? Ou será que todos não passam de farinha do mesmo saco? Para os mais conscientes que assistem a tanto desaforo, é de desanimar!
Postar um comentário