terça-feira, 25 de agosto de 2009

Jalousie

O senador Mercadante, vítima da própria insegurança em ter uma posição pessoal e digna, como o seu ex-colega de partido, Senador Flavio Arns, preferiu ser apenas um transmissor "da voz do dono". Com falsa prepotência, ofendeu uma funcionária pública que, com exemplar educação e serenidade, reafirmou a verdade e humilhou a oponente. No seu partido, onde os integrantes mudam de nome , de cara e de aliados, nada soa verdadeiro. Agora deu de sentir ciúmes do curriculum do governador de São Paulo que, bondosamente, se dispôs a oferecer-lhe um de seus vários diplomas. Belo gesto, mas inútil, pois o senador não saberia o que fazer com êle. Dez milhões de votos jogados no lixo. Que seus arrependidos eleitores paulistas, nos quais jamais me incluí, se lembrem disso em 2010.Flavio Marcus Juliano.
Postar um comentário