domingo, 16 de agosto de 2009

Collor é sempre Collor

10/08/2009

Collor num discurso em plenário (10/08/2009) responsabilizou "parte da imprensa" (leia-se jornal O Estado de São Paulo) de estar querendo tirar Sarney da presidencia do Senado. Agora Collor repete discurso de governistas e aliados de Lula que veem na mídia um perigo à sua governabilidade.

Quero lembrar que o culpado pelas denúncias contra Sarney foi o próprio Sarney que - através de atos que feriram a ética e a lei - deu material substancioso para que as denúncias prosperassem. Nada foi inventado, tudo foi mostrado com transparência, transparência essa que incomoda aos que se acham acima das regras e das leis.

Talvez Collor preferisse uma imprensa omissa, ou pior, tendenciosa e sempre à favor dos interesses do governo? Aqui não é Cuba e nem Venezuela, é bom lembrar.
Assim Collor se destaca como aliado de Lula atacando a imprensa e fazendo a defesa de Sarney no intento de garantir a manutenção do mesmo no cargo de presidente do Senado. É tudo que Lula mais quer.

Quem o viu e quem o vê...percebe que Collor não mudou em nada!
Postar um comentário