sábado, 22 de agosto de 2009

A ARTE DE MENTIR

A ARTE DE MENTIR- Publicado no Estadão on line em 22-08-09

Lula não precisa mais esforçar-se para garantir a governabilidade no seu governo. O PT que tinha um discurso ao chegar ao poder, mudou de lado e fundiu-se ao maior partido e o mais esfomeado, agora temos o PTMDB. Seus militantes gostam das mesmas coisas, cargos, dinheiro e poder. Bastou para isso mostrar-se que estão à venda à espera da melhor oferta. A fatura será apresentada a Lula que a repassará aos contribuintes. Como é bom fazer política e conchavos com o dinheiro alheio. Lula não tem zelo por sua biografia, está se lixando para a opinião dos eleitores ao declarar abertamente apoio a Sarney, mesmo conhecendo todas as ilegalidades cometidas ao longo dos 15 anos. Em discurso antes da eleição prometia acabar com a corrupção. No poder, vê as pessoas como coisas, usa-as para construir o próprio poder. Em geral são as pessoas em desvantagem econômica que são manipuladas e sem capacidade de escolha acabam cedendo (compra de votos). Lula é controlador, procura sempre um culpado para atacar e não aceita ver seu projeto frustrado, por isso tanto empenho na governabilidade. Qual o maior desafio ao eleitor? Identificar pessoas apegadas ao poder e tirá-las de lá com seu voto. Uma dica para identificá-las: são artistas na arte de mentir.
Izabel Avallone
Postar um comentário