quarta-feira, 12 de agosto de 2009

ACÓRDÃO

Acordão- publicado no Diário do Sudoeste _BAem 12/08/09 , diário de natal em 13-08-09 e diario do Gde ABC em 20-08-09

Não falta mais nada para desmoralizar ainda mais o Senado. A possível costura de um acordo entre PMDB e PSDB para salvar José Sarney e Arthur Virgílio. Os peemedebistas acostumados à chantagear e ameaçar seus opositores foram às ultimas conseqüências apostando todas as fichas na absolvição de Sarney tendo ajuda do chefe-mor Lula da Silva. Ocorre que para a sociedade, Sarney está desmoralizado, morto e enterrado. Ele não preside a casa, não tem moral nenhuma para exigir decoro e o que se vê é uma casa parada há mais de 6 meses sem votar um projeto de interesse nacional. Assistimos a essa movimentação e esperamos sinceramente, que os senadores, sem excelência, pois chamá-los de excelências é falta de decoro, resolvam esse impasse. Os ataques vão continuar até que um dos lados tenha a coragem de dar o grito de chega! Espera-se que os senadores do PT que estão com a batata quente nas mãos não tardem mais a decisão que é votar a favor da abertura de processo contra Sarney no Conselho de Ética. Os senadores Delcídio Amaral e Ideli Salvatti não querem votar porque concorrerão às próximas eleições e também não querem contrariar Lula. E Lula já ameaçou, o senador que votar contra Sarney não o terá no seu palanque. Resta saber o que mais importa aos senadores, se os pedidos do presidente ou os votos dos eleitores. Quem viver, verá
Postar um comentário