quarta-feira, 22 de julho de 2009

CPMF NÃO MORREU

CPMF não morreu- publicada no Jornal O Globo em 21/07/09

Um ano e meio apos a extinção da CPMF, Lula chora sua morte, mas não percebe que continua pagando a alíquota de 0,38% em seus contratos. A auditoria é do TCU que identificou quem em cerca de 20 empresas o tributo extinto vem sendo repassado aos fornecedores que embolsam o lucro. Com o fim da CPMF, o governo Lula continua elevando os lucros dos empresários, aumentando seus custos. Há indícios de que a prática deva estar ocorrendo em toda a administração federal. A construção da usina de Candiota III, no Rio Grande do Sul — uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) recebeu 3,38 milhões pagos indevidamente. Se juntar todo dinheiro pago indevidamente através de falecida CPMF, dá para pagar os aposentados sem o choro de crocodilo de Lula quando alega não ter dinheiro. Bem se vê que o presidente Lula da Silva, viajante contumaz, é desatualizado em relação às contas de seu desgoverno e não as fiscaliza de perto.
Izabel Avallone
Postar um comentário