terça-feira, 12 de maio de 2009

DEFASAGEM SALARIAL

Defasagem salarial- mudança em curso- Injustiças- publicada no Diário da Manhã em 12 de maio de 2009 e jornal O Globo em 13 de maio 2009, jornal do Com de Pernambuco 14 de maio
O presidente Lula passou boa parte de sua vida como dirigente sindical gritando “Fora, FMI”. Hoje ele empresta dinheiro ao FMI, socorre as montadoras e os bancos e nega aumento aos 8,1 milhões de aposentados e pensionistas. Em praça pública, várias vezes prometeu que se eleito presidente iria corrigir a injustiça contra os aposentados, mas o seu descaso foi tamanho que vetou o reajuste de 16,67% aprovado na Câmara e Senado em 2006, mesmo sabendo que dinheiro existe. Em sete anos de governo nunca recebeu as lideranças dos aposentados. A defasagem salarial do aposentado está acima de 70%, uma situação insustentável haja vista os gastos com saúde e desemprego. No dia 13 de maio, Dia da Abolição dos Escravos, o Congresso Nacional votará a manutenção ou a derrubada do veto. Alerta a todos os brasileiros: olho no Congresso para ver como votarão senadores e deputados, pois vêm aí as eleições de 2010.
Izabel Avallone
Postar um comentário